Benefícios do Bolsa Família

consulta bolsa familiaMesmo que milhares de pessoas recebam o consulta Bolsa Família todos os meses, elas não recebem necessariamente os mesmos valores. O motivo é que o Governo Federal apresenta benefícios diferentes para cada perfil de família: sempre que existem nutrizes incluídas, gestantes, adolescentes ou crianças até os 15 anos, é concedido o valor variável.

As regras para a família que quer pedir o benefício variado são iguais às de quem pede o benefício básico (que é sempre de R$ 70,00).

Da mesma forma, existe possibilidade de cancelamento no caso de a família não atender às regras do Ministério do Desenvolvimento Social.

Tipos de benefícios do Bolsa Família

O primeiro deles é o benefício básico, cujo valor já foi falado acima. Ele é oferecido sempre que as famílias comprovam que têm renda per capita máxima de R$ 70,00. O variável para nutrizes é pago quando a família tem alguma criança de até seis meses; as grávidas também recebem essa variável, mas apenas durante a gestação.

As famílias que têm adolescentes entre os 16 e 17 anos podem receber R$ 38,00 adicionais para cada e, no caso das crianças até 15 anos, o valor extra é de R$ 32,00 por cada.

Há um benefício variável pago para quem se encontra na chamada extrema pobreza: é o caso das famílias que já têm o benefício, mas que ainda assim apresentam renda per capita mais baixa que R$ 70,00.

Considerando todas as combinações de benefícios, as famílias conseguem receber até a quantia de R$ 306,00.

Cancelamento do benefício do Bolsa Família

consulta bolsa familia

O Ministério do Desenvolvimento Social pode realizar o cancelamento do Bolsa Família quando desconfiar de que há uma fraude. Normalmente, o que assinala isso ao órgão é a falta dos acompanhamentos escolares e de saúde obrigatórios, além de não apresentar atualização de documentos.

Uma família que requisita variável porque há uma grávida, por exemplo, precisa que esta tenha o pré-natal em ordem. No caso de a variável ser por causa de crianças, é indispensável para o Governo Federal que elas tenham frequência escolar satisfatória.

Há diversos outros tipos de acompanhamento que o Ministério do Desenvolvimento Social exige, ressaltando-se o recadastramento, que é realizado a cada 24 meses.

Como as pessoas podem pedir os benefícios do Bolsa Família?

Procurando pelo Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou, na ausência dele, pela Prefeitura. Os documentos para requisitar Bolsa Família são comprovante de residência recente, CPF, RG e certidões de casamento ou nascimento.

Eventualmente, o Ministério do Desenvolvimento Social pedirá comprovante de gravidez (para quem precisa de variável para gestantes), comprovante de matrícula e frequência escolar (para famílias com jovens ou crianças) e outros. A aprovação pelo Ministério do Desenvolvimento Social pode demorar até 90 dias.

O CRAS e a Prefeitura também dão atendimento a quem teve seu benefício do Bolsa Família cancelado. Deve-se levar de novo os documentos atualizados e, normalmente, escrever uma carta requerendo que os pagamentos sejam retomados e justificando o que possa ter causado o cancelamento do benefício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*